Resenha do Livro Vítimas do Silêncio!!!!!!!!




Bom dia!!!!
Preparem-se: Esse livro foi uma surpresa!!!!!! Hoje eu trago uma resenha com muito amor, drama, ação e suspense. Vocês irão e surpreender!!!!!

Livro: Vítimas do Silêncio
Autora: Janethe Fontes
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 186


Sinopse:

Violentada sexualmente, ela preferiu manter o silêncio. Porém, o preço do seu silêncio pode ter-lhe custado alto demais...

... Um caso de abuso sexual ...

... Uma tentativa de fuga ...

... Um novo crime e ameaças ...

... O reencontro com o inimigo ...

Uma garota é vítima de estupro e tenta reconstruir sua vida. Mas, quando finalmente acredita ter encontrado o caminho da felicidade e esquecido aquela noite fatídica, um novo episódio a faz despertar para a apavorante certeza de que é absolutamente impossível fugir do passado... E só existe uma alternativa para que a paz retorne ao seu coração e se faça prevalecer a justiça: confrontar seu pior e mais temível inimigo.Com uma narrativa surpreendente, a autora mantém o suspense até o fim, fazendo com que o leitor tenha de prender o fôlego para acompanhar essa aventura que traz, a cada capítulo, novas revelações e emoções de um passado que já parecia esquecido.

"Vítimas do Silêncio combina ingredientes como Romance, Aventura, Suspense, Sedução e Mistério em um livro que vai prendê-lo do começo ao fim, tendo como pano de fundo a questão do abuso sexual."

 

Book Trailler:





Notícia:
No Blog da autora ela informa que o livro “Vítimas do Silêncio”, a partir do próximo ano, será lançado também em inglês, com a expectativa de alçar novos voos e conquistar leitores mundo a fora.

Curiosidade:
O Livro “Vítimas do Silêncio” foi lançado em 2008 pela Editora Universo dos Livros, mas em 2011 foi lançado pela Editora Baraúna (2ª edição), e agora também pode ser encontrado em e-book no site da Amazon.com.br

Confiram a nova capa!!!!



Confiram a resenha!!!!


RESENHA: VÍTIMAS DO SILÊNCIO

Dueto de Amor
(minha autoria: cila-leitora voraz)


Achei você......

Ele: Foi quando eu a vi que voltei a sorrir, seu doce perfume de flor me inebriou.

Ela: Foi quando eu o vi que eu senti que tudo ficaria bem, que eu voltaria a sorrir.
Juntos: Foi quando você tocou em minha mão, que o céu voltou a sorrir para mim. 

Você me resgatou.....

Ele: Foi quando eu já tinha perdido a fé, que você me fez acreditar que qualquer estrela estava ao meu alcance. Ajudou-me a levantar e acabar com meus dias ruins.

Ela: Foi quando eu estava prestes a desmoronar, com as estrelas caindo sobre mim, que você me deu forças para continuar. Foi capaz de enxergar o melhor que havia em mim e generosamente me deu asas para crescer.

Juntos: Foi quando eu procurei por alguém, que sempre achei você ao meu lado, você sempre esteve aqui por mim, e só por isso, eu suportei. 

Entreguei-me a você....

Ele: Foi quando escondi o meu amor de você, por achar que merecia mais, mais do que um homem pela metade pode dar. Mas baby você está tão perto, que é uma agonia não poder mostrar que você é tudo o que eu quero.

Ela: Foi quando pensei que era gratidão e não amor, o que eu sentia por você. Mas foi só você se afastar, que um vazio se fez em mim. Eu não vou deixar você ir.

Juntos: Foi quando eu encontrei dentro de você, todo o amor que eu guardei. Foi nesse momento que minha vida começou, livre de todo medo ou dor que o passado um dia me causou. Abri meu coração e me permiti.



Resumo:

Margarida Esteves já estava em São Paulo há quase dois meses e não conseguia emprego. Seu dinheiro já estava chegando ao fim, ela já estava ficando desesperada.

Foi quando viu uma placa com vaga para babá. Mas logo descobriu que era uma oportunidade para acompanhante de um homem de família rica. Não tinha escolha, aceitou.

Assim conheceu William Fraga, que com apenas 25 anos sofreu um acidente e hoje está paraplégico. 

Esse encontro irá mudar suas vidas. Margarida carrega um segredo: foi violentada. Mas a autora nos apresenta um personagem forte que teve coragem de cessar o abuso fazendo as malas e partindo. Do lado de William e sua família, ela não perde a alegria e tenta refazer sua vida.

Em contrapartida, a autora mostra o outro lado dessa realidade: nem todas as vítimas conseguem ir embora ou pedir socorro. Infelizmente, a história delas na maioria das vezes tem um desfecho devastador. Preparem-se para chorar!!!

Com muita competência, a autora vai além: para provar que esse crime está presente em qualquer classe social, que ninguém, infelizmente, está livre dele, em uma reviravolta emocionante, Margarida e Willian se envolvem em uma trama perigosa e passam a correr risco de vida.

O Cantinho abre o coração:


Eu olhei para a capa do livro e depois li a sinopse. Pronto, foi o suficiente para ficar com o coração apertado.

Mas, então, uma surpresa!!!!

Isso vai soar estranho, mas encontrei uma linda história de amor!!!!

Vocês estão lendo a resenha certa, não é um engano. A autora me impressionou ao narrar um crime brutal e chocante, que infelizmente acontece com mais mulheres do que gostaríamos. 

Mas seu texto desenvolve a história de uma maneira tão leve e positiva, que permite ao leitor, suspirar por Willian e Margarida, sem sentir culpa.

Em minha opinião, a autora foi genial: ela criou dois personagens atormentados por uma tragédia. Mas a forma como cada um lida com seus fantasmas é totalmente diferente:

Margarida não consegue mais fechar os olhos sem lembrar-se daquela noite. No íntimo ela está gritando, mas o som não ultrapassa sua garganta, ela não consegue falar. Ela calou o passado.

William, ao contrário, está berrando com toda força de seus pulmões. A revolta o consome, ele não aceita quem é agora, queria o passado de volta. Ele desistiu do presente. 

É nesse ponto que eles se encontram e se salvam: a dor de um serve como antídoto para a dor do outro.


Você pode me ouvir????

O passado não é algo estático que fica em um porta-retratos. É um visitante indesejado que impõe sua presença.

Margarida conseguiu fugir, queria esquecer tudo o que ficou no passado, mas ele foi atrás dela......

O Silêncio......

Amava sua mãe e irmã, mas não podia ficar. Por causa do seu padrasto, estava com medo. Ele se aproveitou de sua força para abusar dela de maneira monstruosa, covarde, no momento em que a encontrou vulnerável e sozinha.

Com vergonha, calou-se. Um erro que iria amargar pelo resto de sua vida!!!

Na casa de seus tios encontrou refúgio, mas por pouco tempo. Logo sua família reaparece com a notícia de que Carlos, o padrasto, tinha ido embora. Elas tentam começar uma nova vida, sem ele. 

Mas tudo desmorona a sua volta: seu primo, com quem se envolveu e descobriu o amor verdadeiro e gentil, a abandona. Carlos resolve voltar e sua mãe o aceita.

Nesse momento, a autora apresenta ao leitor, de maneira sutil, uma verdade mortificante e infelizmente comum em casos de violência infantil: primeiro, a violência se dá por pessoas próximas a vítima (por exemplo: pai, padrasto, um tio, amigo da família). 

E segundo, um agravante: a criança não pode confiar seu segredo à mãe, pois esta geralmente ou não acredita no próprio filho ou o culpa por esse comportamento doentio.

A mãe de Margarida a deixou ir novamente, nem se importou com a segurança e o bem estar dela, preferiu ficar com o marido. Em nenhum momento se preocupou em conversar com a filha e tentar descobrir o motivo de sua partida.



Você pode me ouvir????

O passado não é algo estático que fica em um porta-retratos. É um visitante indesejado que impõe sua presença.

William ainda estava preso aos velhos tempos, queria apenas uma chance para fazer tudo retornar ao que era antes. Mas o passado o abandonou.....
O Grito....

Eis que meu coração respira aliviado: William entra em cena!!!

Um bem sucedido advogado de família rica e conceituada. A juventude estampada em seu rosto, até que um dia sofre um acidente e fica paraplégico. 

Revirando nos lençóis, não consegue dormir. Viu seus sonhos serem apagados em uma questão de segundos. Está perdido, não sabe o que fazer com o que lhe restou.

Com medo, ele bradou bem alto. Foi o gesto que o salvou!!!!!!

Seus pais não conseguem lidar com o novo William e por isso contratam Margarida para fazer companhia a ele. Foi, então, que aconteceu: viram seu reflexo no olhar do outro e se completaram:

Ele foi para ela uma âncora, que lhe manteve em terra firme no meio daquela tempestade que era sua vida: deu-lhe emprego, a acolheu em sua família, lhe deu segurança, dividiu o peso dos seus temores mais secretos e a envolveu com todo seu amor.

Ela foi para ele a fagulha que provocou todas as mudanças: acreditou em sua recuperação, quando ele não tinha mais esperança; o ensinou a nunca desistir apesar das dificuldades; o fez querer ser um homem melhor para ser merecedor dela. 

O final é lindo!!!! 

Os dois se libertam de toda ferida que os marcou: Ela, finalmente consegue gritar tudo o que havia dentro dela. Ele, finalmente consegue calar, acalmar tudo o que havia dentro dele. O amor os resgatou!!!!


O CANTINHO PARA LEITURA DESCOBRE: JANETHE FONTES

 
Janethe Fontes é brasileira, casada, mãe de dois filhos e Escritora romancista. É uma sagitariana apaixonada pela vida, pela família (incluindo suas lindas crias de 4 patas) e também pela natureza. Ainda é blogueira nos momentos vagos, palestrante quando possível, administradora de uma pequena empresa de eventos no dia a dia e leitora incondicionalmente viciada.

Faz parte do CNA – Clube dos Novos Autores, movimento que luta em prol da literatura nacional, da ANEB – Associação Nacional de Escritores Brasileiros, focada em fortalecer os processos de distribuição e divulgação de obras nacionais, e associada ao projeto Lê Guarulhos, movimento de escritores da cidade de Guarulhos que visa a divulgação de obras de artistas da região através de palestras, saraus e shows multiculturais. Faz parte também da Mochila Literária, que é uma turnê de escritores nacionais que percorrerá as principais capitais brasileiras entre final de 2013 e 2014, com o intuito de divulgar e promover o cenário literário nacional e regional. É também mentora do Projeto Escritores na Escola da cidade de Guarulhos, movimento ainda não oficializado e em fase de desenvolvimento que tem como objetivos: o incentivo à leitura, a busca pela formação de novos leitores e a difusão da literatura nacional. Além de promover a aproximação e interatividade entre estudantes e escritores, através de encontros realizados em instituições escolares públicas e particulares. 

Lançamento:

No Blog da autora, ela informa que em fevereiro de 2014, estará lançando mais um livro pela Editora Giostri. Enquanto esperamos, podermos conferir a sinopse que já foi liberada:

O Voo da Fênix:
  

Sinopse:
Desde muito jovem, o poder o fascinava. E para conquistá-lo, ele não hesitava em usar de todo o seu charme... Mas havia uma mulher no seu caminho. Ainda assim, seria novamente muito fácil conseguir tudo o que queria, não fosse a paixão que ardeu em seu peito, desde a primeira vez que a viu... Única herdeira de um grande empresário da indústria têxtil, ela era uma mulher independente, acostumada à rotina de uma grande corporação. Era também uma mulher apaixonada e sentia-se cada vez mais dependente daquela paixão que mesclava temor, desejo e um estranho pressentimento de que ela se encontrava à beira de um precipício... Ele nunca esqueceu aquele perfume, a incrível maciez da pele. Pena que tivesse que matá-la depois. Se não fizesse isso, nunca se livraria daquele sentimento que quase atrapalhou seus planos... Ela perdeu toda a sua herança e também por pouco a própria vida. Mas, obstinada, ressurge das próprias cinzas como uma Fênix, e recomeça novamente, alimentada por um imenso desejo de viver e vingar-se...

Seus Livros:

Sentimento Fatal:


Sinopse:
Por amor se mata? O amor destrói? E o ciúme, pode ou não ser controlado? Sentimento Fatal levará você a pensar nessas questões e rever seus conceitos... todos os seus conceitos em relação ao amor. "Dividida entre a paixão avassaladora do marido Roberto, que tem um ciúme doentio, e o grande amor de infância de Daniel, que ela torna a encontrar dez anos depois, Adriana Diniz Martinez terá de vencer o medo e reencontrar a si mesma... Lutar pela própria integridade e também pela filha Letícia, pela qual é capaz de tudo, sobretudo suportar a violência do marido, sobretudo suportar a própria infelicidade."

Book Trailler:

http://www.youtube.com/watch?v=SM2Xuvnoz5Y

Doce Perseguição:


Sinopse:
Uma jovem brutalmente assassinada... Um homem frio e perigoso... Uma promessa de vingança... Graziela tinha apenas quatorze anos de idade quando a irmã fora violentamente assassinada, e ela jurou vingança ao assassino. Essa, porém, seria a missão mais difícil de sua vida, pois, por mais que renegasse seus sentimentos, ela amava o principal suspeito do assassinato... Mas Graziela está disposta a ir até as últimas conseqüências para descobrir a verdade e cumprir sua promessa. Afinal, a paz de seu coração depende exclusivamente disso...

Evento Mochila Literária:

No dia 18/01/2014, vocês terão oportunidade de conhecer a autora de perto. Não percam!!!


Onde Comprar:


Contato com a Autora: 




Facebook:

Skoob:


20 comentários

  1. Oie Cila
    Uau, gostei muito de sua resenha e adoro a escrita da Janethe. Eu já li Sentimento Fatal e ela envolve o leitor de uma forma impressionante. Realmente os livros da Janethe são com premissas fortes e bem reais, mas ela também mescla o romance e deixa o leitor maravilhado com a história.
    Parabéns pela resenha. Beijos!


    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  2. Oie Cila :)
    Adorei a resenha ♥
    Ainda não tive oportunidade de ler nenhuma obra dessa autora.
    Tenho Sentimento fatal,mas ainda não li. Será uma das minhas próximas leituras.
    beijocas
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Cila! Adorei a resenha você abordou pontos importantes que despertam a curiosidade à leitura da obra. Li recentemente um livro abordando o mesmo tema e, simplesmente, amei! É muito interessante como muitas vezes ficamos despercebidos em temas como esse. Bem, fiquei super curioso em relação a esse livro, parece envolver e destacar pontos que emociona e desperta em nós um outro lado.
    Bjus para você!

    ResponderExcluir
  4. Oi!

    Li essa semana uma resenha desse livro.
    A temática é bem densa né!

    Bj!
    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi minha linda, conheci a Janete em um evento esse ano e concordo, a capa nova é linda! Não li toda a resenha porque me pareceu conter spoilers importantes e eu gosto de conhecer a história enquanto leio. Achei magnifico saber que eles se ajudam a superar os traumas e as dores do passado e como sempre, sua poesia nas resenhas me encanta! parabéns!

    Te adoro!

    Mari Scotti
    mariscotti.blogspot,com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mari,
      que alegria a minha ver você por aqui. Obrigada por esse carinho. O amor deles é lindo mesmo, inspirador. Que bom que gostou da minha poesia, gosto muito de fazê-las. Coloco em minhas palavras o sentimento que o livro despertou em mim.
      beijinhos.
      Cila- Leitora Voraz

      Excluir
  6. Oie, já ouvi falar desta autora, gosto bastante das capas dos seus livros, fiquei curioso para ler o livro, adorei seus comentários sobre o livro, e quero ler Doce Perseguição :) Adorei a capa dele rs
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Olá, não conheço esse livro,e ao ver a capa não me chamou atenção,
    mas ao ler sua resenha, me pareceu ser um livro bom. Parabéns para a
    autora, gostei da resenha também,
    bjs

    http://www.loveebookss.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Que coisa linda essa Resenha!
    Amei ela, não esperava essa premissa, só ao olhar a capa!
    Adoro essas histórias de superação, de fechar as feridas! s2
    Lindo!
    Parabéns!
    Passei para desejar um sábado maravilhoso!
    Ps: Resenha nova lá no blog, passa lá e comente! Retribuo visitas! s2
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2013/12/resenha-se-arrependimento-matasse.html
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Adorei a sua resenha! Vítimas do Silêncio parece ser um livro surpreendente mesmo! bjss

    FB
    http://www.rosanautas.com/

    ResponderExcluir
  10. Achei Vítimas do Silêncio com um tema bem forte e acho que deve ser abordado sempre nos livros. Muitas mulheres não conseguem pedir socorro por falta de oportunidade ou vergonha.
    ;)
    http://livrosyviagens.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Nossa q livro em?!! Poderoso!!!
    vim retribuir a visita e te seguindo tbm:)
    acabei d ter bb e por isso estou meio sem tempo, então saí do projeto Família Blogosfera, mas nada impede q eu volte aqui sempre né?!
    bjinhos
    http://spassodanny-danny.blogspot.com.br/2013/12/sua-princesa-merece-ana-giovanna-moda.html

    ResponderExcluir
  12. Oi Cila,

    Adorei a sua resenha, você transformou algo brutal, violento em sutil. Não quer dizer que não seja algo para pensarmos e lutarmos contra.
    Quando vi o tema do livro fiquei com um pé atrás, mas você mostrou que a história, embora triste, pode ser romântica também e mostrar um outro lado para os personagens.

    Beijos,

    --
    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Faz tempo que eu tenho vontade de ler esse livro, e você fez com que essa vontade aumentasse bastante! Sei que é um tema forte, mas gostei de saber que Margarida consegue se reerguer e amar novamente!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  14. Olá Cila!
    Já li esse livro e pode ter certeza que chorei horrores, imaginando cada situação que a autora nos apresenta.
    A autora nos fez querer lutar junto com a Margarida. Se tivesse acontecido algo parecido comigo, não sei como faria, pois é muito difícil o que ela passou.
    Amei sua resenha!
    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  15. Eu gosto muito de conhecer o trabalho de novos autores :) O livro parece ser ótimo! Adorei a indicação bjs

    ResponderExcluir
  16. à primeira vista, achei que não iria me interessar, mas depois de ler a resenha vou procurar, apesar do crime, parece ser uma história muito envolvente.
    Bjús, Cih
    http://quadrofeminino.com/

    ResponderExcluir
  17. achei interessante a história
    www.portaldebeleza.com

    ResponderExcluir
  18. Cila que história incrível! Eu ontem estava vendo o canal A&E e fiquei atordoada com um caso em São Paulo muito parecido, aonde o cunhado da menina vinha dando indícios de ser um bom FDP e acabou por estuprá-la e depois a matou e ela se calou quando ele estava dando investidas por ter vergonha e por não querer fazer mal a família. E agora leio essa história, sim isso acontece com diversas famílias aonde a criança se cala e fica com esse sofrimento pro resto da vida, claro quando não termina em tragédia. Eu achei a primeira capa bem mais impactante do que a segunda, gostei mais devo-lhe dizer, mas a curiosidade de como a história se desenvolve depois de sua resenha me tocou muito mais.

    ResponderExcluir
  19. Amei os livros da Janethe. Nunca fui muito de leitura, mas com vocês estou aprendendo a gostar e conhecer alguns autores bem legais. Gostei da maioria dos livros dela que você expõe neste post. Vou procurá-los para ler.

    Beijos

    http://vanvariedades.blogspot.com.br

    ResponderExcluir