BATE- BOLA NO CANTINHO COM A AUTORA A. C. MEYER - PROJETO “EU VALORIZO A LITERATURA NACIONAL”!!!!!



BATE- BOLA NO CANTINHO COM A AUTORA A. C. MEYER - PROJETO “EU VALORIZO A LITERATURA NACIONAL”!!!!!




Chegou a hora de vocês conhecerem o Time dos Nacionais do Projeto Eu Valorizo a Literatura Nacional!!!!!

Hoje é dia de Jogo!!!!!!

E o Cantinho vai fazer a cobertura exclusiva desse evento!!!!!!

Preparados???

No Campo: O Fenômeno - A. C. Meyer- A Rainha do Romance!!!!

A torcida vai ao delírio!!!!!

Ela vem com tudo!!!!!!!

Já viu jogadora de salto alto antes? Não é para qualquer uma não!!!!! Afinal de contas, ela é  Diva!!!!!!


1) Entrando de Sola........
(Expressão do futebol que significa ir direto ao assunto)

Qual foi a primeira “partida” que assistiu (primeiro contato com a leitura)? Consegue se lembrar da primeira “bola” (livro) que ganhou?

A. C. Meyer: A literatura sempre esteve muito presente na minha vida, desde muito pequena. Eu aprendi a ler e escrever, em casa, com três anos de idade, ensinada pela minha avó. Depois de aprender a juntar letras e formar as palavras, eu pegava os livros do meu irmão, 7 anos mais velho, para ler. Os primeiros livros que li foram Ivan, Divan e Zariman, da autora Marta Koci e As aventuras da ponte Rio Niteroi, de Margarida Ottoni, eram livros que meu irmão tinha que ler para a escola que eu aproveitava para ler também. Mas o livro mais especial da minha infância foi “O jacarezinho egoísta” de Chloris Arruda de Araujo. Esse foi o primeiro livro que eu ganhei e que era só meu. Li e reli inúmeras vezes e muitos anos depois, já adulta, ao reencontrar com a minha professora da 1ª série eu tive que agradecer a ela por que foi ela quem me apresentou a esse livro que é tão especial para mim até hoje.

2) Clássicos inesquecíveis....
(Grandes decisões, jogos clássicos que marcaram a história do futebol)

A Literatura Clássica Brasileira é marcada por grandes nomes. Quais “jogadores” (autores clássicos) fizeram parte da sua vida?

A. C. Meyer: Sou de uma época (olha eu denunciando a minha idade... hahahhaa) em que a oferta de livros não era tão grande quanto hoje e as escolas incentivavam muito a leitura dos clássicos e livros nacionais, além disso, eu tive um professor de literatura que eu amava (e tinha um nome inspirador, Sylvio Brasil) e que nos incentivava demais a ler e a entender o que cada autor queria dizer, com cada livro. Então, incentivada pela aula dele e por um tio advogado que tinha uma biblioteca enorme em casa, eu li a maioria dos grandes clássicos nacionais. É até difícil citar nomes, mas os que mais marcaram foi Aluísio Azevedo (O cortiço), Érico Veríssimo (O tempo e o Vento), Joaquim Manuel de Macedo (A moreninha), José de Alencar (Lucíola e O guarani), Manuel Antonio de Almeida (Memória de um sargento de milícias)... são tantos...
E ainda tem aqueles que hoje são considerados clássicos, mas que estavam no auge, na minha adolescência, e que eu amo de paixão: Fernando Sabino, Drummond, Ruben Braga, Stanislaw Ponte Preta e Luis Fernando Veríssimo.

3) De Olho no Lance.......
(Expressão do futebol que significa uma jogada onde há possibilidade de gol).

O que fazia antes de escrever? Quando viu que daria “jogo” (que queria ser escritor)? Quando marcou seu primeiro “gol” (quando o sonho aconteceu)?

A. C. Meyer: Na verdade, eu continuo fazendo! Eu trabalho em uma empresa de TI e sou coordenadora da área de treinamentos. Eu nunca me imaginei escrevendo nada, apesar de sonhar em trabalhar, algum dia, fazendo algo com livros. Eu comecei a escrever há muito pouco tempo, incentivada por uma amiga autora, que me sugeriu colocar no papel uma história que eu tinha na cabeça há muitos anos. De início, eu descartei totalmente a ideia, mas meus personagens principais se viram "incentivados" e não sossegaram até que eu começasse a escrever. Eu resolvi fazer uma publicação independente, já que o mercado editorial é bastante difícil para o autor nacional, e para minha surpresa, o livro estourou, já saindo a primeira edição com tiragem esgotada. Poucos meses depois do lançamento, veio o convite que me fez ver que meu livro era, realmente, bom: a Universo dos Livros comprou os direitos de publicação! Eu, que nunca pensei que escreveria nada, hoje me vejo numa grande editora, com leitoras festejando a publicação... é um sonho que está virando realidade!

4) Golaço.....
(Expressão do futebol que significa um gol muito bonito, marcado com extrema perícia ou arte).

Por quem você levantaria da arquibancada e faria a “ola”? Aqueles autores que lhe inspiraram e lhe inspiram até hoje?

A. C. Meyer: Os meus grandes ídolos da literatura nacional são Fernando Sabino e Carlos Drummond de Andrade. Recomendo que se alguém não leu seus livros, que leiam. São maravilhosos! 
Agora, o meu trabalho é muito inspirado por autoras internacionais, como Sophie Kinsella, Kristen Proby e Emma Chase. Infelizmente, não conheço, no Brasil, ninguém que escreva chick lits e romances como elas.

5) Camisa 10.........
(Expressão do futebol quando alguém se refere a grandes craques de um time como Pelé, Zinedine Zidane e Diego Maradona.)

A maior honraria para um escritor é ser “o camisa 10” da literatura, ter seu nome no Hall da Fama da Literatura, a Academia Brasileira de Letras, e, quem sabe, o Nobel da Literatura!!!!!!!!

Qual o esquema tático necessário para trilhar esse caminho? Quanto tempo você levou para escrever seu livro? Quais as dificuldades encontradas? Fale sobre sua experiência.

A. C. Meyer: Eu escrevi o “Louca por Você” em 22 dias. Eu não costumo demorar para escrever, pois sou uma leitora ansiosa e fico louca para saber que rumo os personagens vão tomar. O mais complicado de ser um autor independente não é a escrita em si (pelo menos, não para mim), mas o processo de distribuição dos livros. Imagina receber 500 livros em casa, ter que autografar tudo, embalar, colocar no correio e ainda ter a pressão dos leitores que querem receber o livro o mais rápido possível... não é fácil, realmente. Tudo que uma editora faz, você faz sozinho. Hoje, eu consigo me concentrar só em escrever, já que tenho uma grande editora me apoiando.

6) Você veste a Camisa......
(Expressão do futebol que significa defender alguma coisa, algum ideal)

De quais projetos de incentivo a leitura você “vestiria a camisa”? Como enxerga a Literatura Nacional no momento e quais ações poderiam ser feitas para, no futuro, termos um panorama diferente?

A. C. Meyer: Eu ainda não encontrei um projeto de incentivo a leitura que me despertasse o desejo de "vestir a camisa". Na verdade, pela minha história com a literatura, eu acredito que o incentivo a leitura começa em casa, com o apoio da família, e claro, da escola. Acho que estamos entrando num momento bacana da literatura nacional. Lembro que, numa determinada época, havia uma grande discriminação dos próprios leitores, que vem mudando. Durante o lançamento do “Louca por Você”, li, em vários blogs, comentários de leitores surpresos por meu livro ser de uma autora nacional. Cheguei a ler comentários do tipo "o livro é maravilhosos, mas ela ser brasileira me surpreendeu." Nós brasileiros também podemos ser bons autores! Espero que isso venha mudando, já que temos uma nova geração de autores muito competentes. Acredito que o apoio da blogosfera literária é um dos pontos principais, para essa mudança, pois os blogs são grandes influenciadores e formadores de opinião.

7) Bate um Bolão......
(Expressão do futebol que significa que alguém é muito bom em determinada coisa)

Qual livro nacional que você recomendaria?

A. C. Meyer: Absoluto, da autora MS Fayes e Procura-se um marido, da Carina Rissi. São dois romances de tirar o fôlego!

8) Tá na área se derrubar é Pênalti......
(Expressão do futebol que significa que falta só um detalhe para algo ser concluído)

Esse é o momento de falar sobre o seu trabalho. Fale sobre o seu livro, o que os leitores irão encontrar e sobre seus projetos. Podemos esperar um lançamento em breve?

A. C. Meyer: “Louca por Você” é o primeiro livro da série After Dark, que será publicada pela Universo dos livros entre julho e agosto. É um romance leve, engraçado, hot e doce. Os leitores vão encontrar momentos extremamente românticos, muitos passeios na roda gigante, um guitarrista gostosão e sedutor, uma turma de amigos encantadora e George, o melhor amigo que toda garota deveria ter. Os suspiros e risadas são garantidas!
Além do “Louca por Você”, a série continua (com histórias independentes, mas que se entrelaçam) em mais seis livros sobre os demais personagens.

9) Finge que vai.... e vai......
(Tipo de jogada eternizada por Mané Garrincha)

Qual “jogada” (cena) literária você gostaria de rever? Pode ser do seu livro ou de outro que tenha lhe marcado.


A. C. Meyer: A cena que mais me marcou no “Louca por Você”, com certeza, foi a da roda gigante, em que Daniel proporciona a Julie o encontro dos sonhos dela. É uma cena repleta de significados para o casal e que me emocionou demais.
 




A. C. Meyer fecha o placar do Cantinho com goleada!!!!!!!

(Expressão do futebol que significa vitória por larga diferença no placar).


O Cantinho Agradece: Existem pessoas que são especiais. São joias raras, difíceis de encontrar. A. C. Meyer é uma delas!!!! Ao cruzar o seu caminho, sem querer, eu ganhei um presente precioso. Dá vontade de guardar a sete chaves, mas um talento como o dela deve ser compartilhado e não escondido. Por isso, de coração, agradeço nossa parceria e amizade e estarei sempre na primeira fila torcendo por você!!!

Momento tiete: Gente, ela é ou não é um fenômeno??? Desde os três anos de idade, já lia os livros do irmão mais velho e levou apenas 22 dois dias para escrever o “Louca por Você” que na primeira tiragem esgotou!!!!! Uau!!!!!!!! Uau!!!!!! Uau!!!!!! Confessa: Foi o Zach, apressadinho, que estava lhe torturando para ir para o papel. Danny Boy é que não foi!!!!!!! O coitado precisa urgentemente de óculos!!!!! Risos...

Torcida do Cantinho: Eu já li seu livro duas vezes e não me canso!!!!! Alguns dias me pego com saudades, quando o indico para outras pessoas, porque eu sempre indico!!!!!!!. Você já é um sucesso!!!!!! Pode sempre contar comigo e com o meu Cantinho!!!!!


Da mesma forma que a TV invade a casa de vocês com informações e imagens, que a nossa campanha consiga levar os livros desses autores incríveis até vocês.

Levante essa bandeira: Leia um Livro Nacional!!!!!!!


Com Vocês:
Louca Por Você - After Dark - Livro 01!!!


Sinopse:

Ele era tudo que ela queria...

Julie Walsh foi apaixonada por Daniel Stewart a vida inteira, mas ele só a via como sua irmãzinha. Até que o destino resolve dar uma mãozinha e dá a Julie a oportunidade de balançar a vida e o coração de Danny.

Ele não queria se apaixonar...

Daniel reprimiu seus sentimentos por muitos anos. Sem interesse em investir em relacionamentos sérios, aproveitava a vida com uma garota diferente a cada dia, investindo seu real sentimento no sucesso do seu bar, o After Dark. Até que o destino lhe dá uma pancada na cabeça e um sacolejar no coração e mostra que a garotinha que ele sempre tratou como sua irmãzinha, é na verdade, aquela que pode fazer ele começar a pensar em "para sempre". Mas quando Daniel resolve dar uma chance para esse estranho sentimento que se apodera dele, ele esbarra com uma pedra em seu caminho: Alan, o guitarrista da The Band, que resolve tentar conquistar o coração de Julie.

Será que Julie vai realizar seus sonhos e finalmente ficará com Danny, ou será que Alan é o seu verdadeiro Príncipe Encantado, que virá resgatá-la com sua guitarra?
Atenção: este livro contém altas doses de romance, situações hilárias, homens gostosos e um amigo gay fodástico e apaixonante.

Curiosos???



Leiam a minha Resenha e se apaixonem por essa história!!!!!!



Comprar:


Atenção fãs da Diva: A espera de vocês vai ter fim!!! A Editora Universo dos Livros vai lançar o “Louca por Você”, agora no segundo semestre. Acompanhem!!!



Contato:

  

Agradecimento Especial:

O Cantinho agradece a Editora Universo dos Livros, em particular, Juliana Teixeira.


PARTICIPE AQUI


PARTICIPE AQUI


























O Cantinho agora passa a bola para os Blogs amigos, vejam as jogadas que estão acontecendo por lá!!!!!!
 


21 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Linda entrevista e fantásticas as perguntas!
    Perfeito!
    Diva, amo mais ainda vc!
    Bjs da sua leitora beta. :)

    ResponderExcluir
  3. Adorei o bate bola, rsrs.
    Muito querida ela né? *-*
    Preciso ler o Louca por você!!!
    http://apenas-um-vicio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. A entrevista, ficou maravilhosa!

    Muito obrigada pelo agradecimento. Mais sou eu que agradeço por ter lido uma entrevista tão divertida.

    ResponderExcluir
  5. Olá Cila

    Tô gostando dessas entrevistas. Apesar de não curtir muito os livros dessa autora, gostei de saber que ela escreveu o livro em 22 dias. Caramba, eu gostaria de escrever tão rápido assim!

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  6. A capa desse livro é linda,
    quanto mais eu leio nacionais, mais nacionais eu quero ler...
    São tantos bons livros que não sei o que faço para ter/ler todos que desejo.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Muito legal a entrevista,adorei conhecer mais da autora e do seu livro,quero muito lê-lo.

    bjsss

    Bianca

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  8. Muitoooo bom o bate bola com a autora, adorei...não conhecia o trabalho dela, mas fiquei muito interessada. Ela parece ser bem simpática. Eu também escrevi um livro...de poesias, ficaria muito honrada em participar desse bate bola aqui também. Se quiser...fique á vontade para me fazer o convite, viu? kkk (oferecida eu- vergonha)
    Se puder passa lá no blog também.
    Bloody Kisses!
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  9. Oi Cila!

    Adorei o bate-bola, hahahah Parece uma partida de futebol mesmo! Achei super legal a autora manter sua vida profissional, trabalhando e ainda sim ter tempo e inspiração pra seus livros...

    Beijos
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Cila,

    É muito bom ver autores nacional se destacando e concorda com a A.C. Meyer o primeiro incentivo à leitura deve começar em casa e quando os pais não têm condições financeiras para bancar existem meios de fazer isto, como pedir aos tios e amigos que ao presentearem os filhos o façam com livros, pegar livros em bibliotecas para os pequeninos tomarem contato, irem à livrarias que tenham o cantinho da leitura para os pequeninos.

    Anotei as indicações de livros e também Louca por você quero ler, mas comprarei na Bienal este ano, estou me segurando para não comprar mais nenhum livro até a Bienal a menos que encontre uma mega promoção, aí como não sou de ferro me rendo à compra. hahahaha

    Novamente parabéns por esta coluna.

    Bjs
    Tânia Bueno
    Faces da leitura

    ResponderExcluir
  11. levar só 22 dias, para escrever algo que esgota de cara é realmente surpreendente!
    Mais sucesso para a autora!
    Beijos!

    http://www.interacaoliteraria.com/

    ResponderExcluir
  12. Oii !
    É um prazer imenso vez como nossa literatura nacional está cada vez evoluindo mais e mais <3 Fico bastante feliz com isso !
    A autora tem um tempo bastante corrido mesmo viu hahaah
    Adorei o post :) Não conhecia a autora mas ela é bem humorada e me interessei pelo livro dela :D
    Quero mais posts assim :3
    Beeijos !
    Um Grande Vício Literário

    ResponderExcluir
  13. Oieee, eu tenho muita vontade de ler este livro, adoro a capa dele, mas nunca tive a oportunidade de ler o livro, adorei as perguntas e as respostas, mais uma vez parabéns por incentivar nossa literatura nacional. Abraços

    ResponderExcluir
  14. Também sempre amei clássicos nacionais e amo mais ainda O Tempo e O Vento! *-* Adoro quando autores contam que as personagens não os deixaram em paz até que contassem suas histórias! rs... Estou chocada que ela escreveu Louca por você em 22 dias! Deve ser um recorde! rs... Parabéns à autora pela publicação pela Universo, espero que ela tenha ainda mais sucesso!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  15. Oi Cila!

    Eu estou adorando essas suas entrevistas mescladas com termos de futebol. A autora já me ganhou, por que eu também fazia a Ola para o Drummond. Ela é muito simpática e é sempre legal saber mais do autor e como ele começou a escrever. Sucesso a autora!

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oii! Sempre legal ver suas entrevistas. Não conhecia essa autora ainda.
    Gosto de ver como os autores nacionais tem ganhado o seu espaço e isso é muito bom. Se tiver a oportunidade de ler esse livro, com certeza lerei. :)

    Beijos,
    Bell

    http://contosdoguerreiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Amei a entrevista! Já ouço falar nesta autora faz um bom tempo, mas ainda não tive o prazer de conhecê-la e nem de ler seus livros, que são muito bem comentados. Muito bom poder conhecer um pouquinho mais sobre ela. Assim que o livro for lançado pela UDL, com certeza irei comprar o meu e conferir esta história que promete muitas emoções. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  18. Cila, foi uma delícia participar desse projeto tão legal!
    Amei responder a perguntas tão interessantes e tão bem formuladas.
    Fora que você é uma querida, sabe disso, né?
    Mto mto obrigada por seu carinho comigo e com meu bb :)
    Não existe coisa melhor para um autor é saber que seus personagens são tão amados por seus leitores quanto ele mesmo os ama.
    Mtos beijos!!

    ResponderExcluir
  19. Eu acho que já disse, mas vou repetir, esse maneira de apresentar a entrevista como se fosse uma narração de um jogo é muito criativa e divertida. Eu gosto muito de entrevistas com autores nacionais eles abrem espaço para nós leitores e nos aproximam cada vez mais.
    Beijos, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Cilaaaaaaaaa!
    A AC é maravilhosa e talentosa! Adorei a entrevista! Parabéns pelo trabalho que está fazendo com os autores nacionais!
    Beijos
    Paula Juliana - Overdose Literária!

    ResponderExcluir
  21. Oi Cila,

    gostei muito da entrevista com AC Meyer e conhecer um pouco mais sobre nossos autores nacionais.

    Beijos,

    --
    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir