O Cantinho Participa: Semana Graffiti de Arte Moderna!!!!!!


 


O que temos hoje na programação da Semana Graffiti de Arte Moderna?
 
Hoje você está sendo convidado a se rebelar contra o seu estilo de vida!!!!


Vamos romper com nossos padrões de música, literatura, cinema, moda, poesia, arquitetura, pintura!!!!

Porque
Arte é:

 
Atitude!! Ousadia!!! Entrega!!! Liberdade!!! Vida!!!! Um olhar novo sobre o velho!!!!

 
E como o Grafite se encaixa nesse contexto?

 
Grafite é arte?

 
É o que iremos descobrir!!!!!!!!!




Vocês já ouviram falar sobre a Semana 22? 

Em 1922, no Teatro Municipal da Cidade de São Paulo, entre os dias 11 a 18 de fevereiro, um grande passo foi dado para que os movimentos da arte urbana e do grafite surgissem depois.

Esse grande passo, que chocou a sociedade da época, ficou conhecido como: Semana da Arte Moderna!!!!!

Se caracterizou como um movimento de rompimento com a arte acadêmica e com a neocolonizada prosa parnasiana então predominante. Chocando a todos por fugir completamente da estética europeia tradicional que influenciava os artistas brasileiros. Os intelectuais a consideraram uma redescoberta do Brasil.

Mas o Modernismo não durou por muito tempo.

Após a Segunda Guerra Mundial, surge o movimento da Arte Contemporânea construída não mais sobre o novo e o original como era feito pelos modernistas e vanguardas.

Não!!!!

A Arte Contemporânea é marcada pela liberdade de atuação do artista, que não tem mais compromissos institucionais que o limitem, portanto pode exercer seu trabalho sem se preocupar em imprimir nas suas obras um determinado cunho religioso ou político.

Em uma atitude metalingüística, o criador se volta para a crítica de sua mesma obra e do material de que se vale para concebê-la, o arsenal imagético ao seu alcance.

E aqui surge o
Grafite!!!!

Nos anos 70 a arte se diversifica, vários conceitos coexistem, entre eles a Op Art, que opta por uma arte geométrica; a Pop Art, inspirada nos ídolos desta época, na natureza celebrativa desta década – um de seus principais nomes é o do imortal Andy Warhol; o Expressionismo Abstrato; a Arte Conceitual; o Minimalismo; a Body Art; a Internet Street e a Art Street, a arte que se desenvolve nas ruas, influenciada pelo grafit e pelo movimento hip-hop.


O Grafite no Mundo:



Fachada decorada com Grafite em Olinda Pernambuco






Grafites no Muro de Berlim

Museu Aberto de Arte Urbana em São Paulo



Faça o seu próprio Grafite!!!!



Galeria de Arte do Leitor:


A Valentina quer conhecer os seus talentos!!!!!

Sempre buscando a inovação, ela quer que você 
Faça a sua Arte!!!!!!


O desafio está lançado!!!!!!
Como eu gosto muito de fotografia, essa vai ser a minha arte!!!!!!



Fãs enlouquecidas dos Beatles







Créditos:

- Fotos de Grafite retiradas do Google Imagens e Wikipedia;

- Fotografias Retiradas do Livro Arte e Ousadia  - O Brasil na Coleção Sattamini (Organizador Leonel  Kaz e Nigge Loddi)

- Material de Consulta para o texto: Wikipedia e Infoescola




Onde Comprar:





Realização:


Editora Valentina: Site / Facebook / Twitter / Youtube


15 comentários

  1. Oi Cila,
    Adorei o post. Muitas das informações que você colocou no texto, eu desconhecia.
    Não sou uma grande conhecedora de artes, nem mesmo contemporânea kkkk
    Gosto muito de grafitti e odeio pichação. Muita gente ainda confunde os dois, mas é bem óbvia a diferença, um é uma 'manifestação social' e outro é arte. Prefiro os grafites mais discretos (em termos de cor) mas não posso negar, que esses das fotos são lindos por demais.

    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Cila, tudo bem?
    Adorei a proposta da postagem. Eu não sou uma grande entendedora de todos os tipos de arte, mas adoro visitar exposições, assistir documentários, ir ao teatro... Enfim. Estudei algumas fases importantes também na faculdade de publicidade, mas me lembro muito pouco.
    As fotos que você selecionou são lindas. Acho que o grafite dá vida as cidades... Devia ter em todo canto <3

    Grande beijo e bom carnaval ♥

    Thati Machado;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
  3. Oi Cila!
    Que interessante. Nunca tinha ouvido falar desse movimento do graffiti. To achando muito legal essa semana da Valentina. Quer dizer, o graffiti é tão mal visto na sociedade, sendo que a arte fala tanta coisa necessária, q a população em si não consegue falar! Muito inovadora :D E cada desenho mais lindo que o outro!

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  4. AAAH que legal!!! Eu amo graffiti, acho tão lindo!!! Sem falar que da uma nova ar ao lugar, principalmente se em alguma parte feia das cidades.
    O ruim que ainda existe preconceito :(
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oiee.

    Menina essas imagens são ainda mais lindas do que as do post anterior que vi por aqui. Lindas e perfeitas demais. Quando eu tiver minha casa - risos! já pensei em pagar para fazerem graffiti no muro

    Beijos Fê
    http://www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
  6. O grafite realmente é arte, aqui em João Pessoa tem alguns espalhados pela cidade muito bonitos, não gosto é de pichação e que alguns confundem com o grafite e ambos não tem nada a ver um com o outro.

    Abraço,
    Diego de França
    www.leitorsagaz.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Cila, td bem?
    Desculpa ter sumido...

    Adorei a postagem e as imagens que vc usou para ilustrá-la

    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  8. Oi Cila, tudo bem???

    Eu adoro demais a arte, sempre que posso vou em exposições... grafite é uma arte maravilhosa desde que feita de maneira legal... aqui em São Paulo temos artistas maravilhosos... essas fachadas das pontes são muito conhecidas por mim... mesmo que eu não passei muito por essa avenida... adorei a arte da mulata... ficou show... adorei a mesclagem de cores... e adorei as suas fotos... adoro tudo em preto em branco... Xero!!!

    ResponderExcluir
  9. Olá Cila, que interessante o post e a ideia da Editora Valentina. Acho lindos os grafites mesmo sendo o maior desastre em desenhos, sem saber nem fazer um bolinha direito kkk. Mas mesmo assim sou uma grande admiradora.
    Beijos, sucesso.

    ResponderExcluir
  10. Oie, Cila!
    Vi há algum um post semelhante sobre Semana de Arte Moderna, de uma blogueira que também estava participando, por isso achei que havia terminado. Mas fiquei feliz de saber que tem mais gente participando, porque só vi um blog até agora! Adorei a iniciativa da editora. Suas fotos ficaram incríveis!
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando

    ResponderExcluir
  11. Cila-lindaaaaa!
    Adoro o seu jeito empolgado de trazer novidades! Eu confesso que gosto de arte moderna, mas com uma certa dose de limites. O grafite é o máximo quando realmente expressa algo… Quando conseguimos sentir a emoção do artista e a crítica social que sua arte traz. Mas às vezes não consigo encontrar sentido algum. :O E não me refiro apenas ao gratife. Quando o meu marido e eu fomos a Buenos Aires, aproveitamos para conhecer o maior museu de arte moderna da América Latina. Resultado: frustração com algumas obras que lá estavam. Havia uma sala com colchões (pendurados na parede, no teto, lançados em um canto – uns sobre os outros, como um enorme monte…), tingidos como se tivessem jogado latas de tintas em cima. Qual é a moral disso? :/ Ficamos vendo aquela enorme sala cheia de colchões tingidos sem entender/sentir nada. Tinha uma sala na qual um casal seminu estava deitado em uma cama, sob um lençol, simulando um "pós-sexo". Você entrava na sala e via o casal ali, parado entre os braços um do outro. Para quê? E o pior é que me senti tola por não entender o tema daquelas obras. Será que sou superficial e não consegui ver "a profundidade" dos artistas? Ou aquilo realmente não fazia sentido algum? Hahaha.
    Bem, a arte também serve para isso… nos incomodar e tirar da zona de conforto.

    Beijos, flor!
    http://myqueenside.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bom?
    Sempre tive curiosidade para ler esse livro e essa semana especial me deixou com mais vontade de conhecer a obra. Adorei as imagens que você usou para ilustrar o post.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Ooi querida!
    Devo admitir que não sou muito conhecedora da arte, gosto da grafitagem, admiro quem á faz, é uma forma deles se expressarem e isso eu acho legal. Adorei as imagens postadas muito bonitas! ;)

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Achei bem interessante essa semana de Graffti, tanto a arte quanto o livro são lindos e o trabalho que a editora fez para organizar essa semana deve ter valido muito a pena, eu como leitor, estou adorando.
    Abraços.
    http://www.ler-e-ser-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Cila lindona a arte é algo impressionante , assim como o Grafite colorido, belo, e chama atenção de todos, toda arte seja ela qual for deve ser valorizada . Nos precisamos de mais apreciadores de arte e seus artistas. Adorando essa semana . beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir